5 passos (comprovados) para largar o emprego que você odeia

Se você chegou até este artigo é porque você se encaixa no grupo de quase 85% das pessoas que eu conheço e que desejam, quase que de forma obcecada, largar o emprego que odeiam. Normalmente essas pessoas dizem frases como:

“Eu odeio o meu emprego! Não aguento mais isso!”

“Eu faria qualquer coisa pra sair desse emprego!”

Se você costuma falar (ou pensar) em alguma dessas frases este artigo foi criado com muito carinho para você. Mas antes, vou te contar um pouco como foi que eu saí de um emprego (ou quase um emprego) que eu não gostava.

Em 2010 fundei uma agência de Marketing Digital, focada em Mídias Sociais e criação de conteúdo para blogs e sites na internet, o que em 2010 era uma grande novidade, mas eu não queria ser revolucionário ou nada do tipo, na verdade eu nem queria ter uma agência de marketing, meu desejo naquela época era apenas trabalhar em uma agência de comunicação.

Na minha busca por um emprego em uma agência de comunicação, publicidade ou propaganda onze entrevistas de emprego mas ninguém queria me contratar e sabe por que?

Porque eu não sou formado (graduado) em nenhuma faculdade de Marketing ou Publicidade. Por causa disso! Mesmo na época eu sendo o dono de um dos maiores blogs sobre redes sociais do Brasil (mas isso é assunto para outro artigo).

Nessa jornada, até eu chegar a empreender com a agência, eu tive que arrumar um emprego, porque as contas não iriam esperar. Então eu arrumei outros empregos e um deles foi em um Atelier de Design onde eu era um Web Designer/Designer Gráfico (tudo misturado). Eu fiquei nesse emprego durante 7 meses quando então surgiu a oportunidade de criar a minha agência.

Foi aí que eu decidi conversar com meu patrão para sair de maneira amigável da empresa para fundar a minha própria empresa. Essa foi a primeira vez que eu saí de um emprego que eu não gostava para empreender em algo que eu realmente queria! (Isso em 2009).

Esses passos eu usei também cerca de 6 meses antes de ir para esse Atelier, quando eu trabalhei como designer em outra empresa. Ah, também usei esses mesmos passos que vou te mostrar quando eu vendi a minha Agência de Marketing para criar a Olhe Fora da Caixa.

PASSO 1 / CRIE UM PLANO PARA SAIR DO SEU EMPREGO QUE VOCÊ ODEIA

planejamento-largar-o-emprego

Você precisa ter um plano muito bem definido de quando e como você vai sair do emprego que não gosta. Mas este plano precisa começar a andar com você ainda trabalhando no emprego que odeia, entendeu?

Quando as pessoas largam seus empregos e decidem empreender, os gurus das redes sociais chamam isso de “queimar a ponte”. Eu acho isso uma falta de responsabilidade imensa com a sua vida e a das pessoas que dependem de você.

Não queime essa ponte, pois isso pode acabar com o seu sonho antes mesmo dele começar. O seu plano B (vamos chamá-lo assim) precisa render o mesmo valor que você recebe em seu emprego atual (no mínimo) para você estar pronto para sair do emprego que você não gosta.

Quando eu fundei a Olhe Fora da Caixa eu ainda estava trabalhando na minha Agência de Marketing, e somente quando este projeto começou a render o mesmo que eu recebia na agência foi que eu resolvi sair.

Agora você está aí pensando… “Tá bom Chico, mas eu trabalho o dia inteiro, chego em casa tarde, quando que eu vou conseguir trabalhar no meu Plano B?”

Eu te respondo com uma frase que aprendi há alguns anos: Trabalhe nos finais de semana enquanto os outros descansam, pois é quando você vai progredir.

E isso é muito verdade. Como eu fazia?! Eu trabalhava nos meus momentos vagos, à noite quando eu chegava em casa, nos finais de semana, na hora do almoço e etc. Sempre que tinha um tempo vago na agenda, lá estava eu focado no Plano B.

O seu planejamento precisa ter alguns pontos importantes:

  1. Quanto você precisa para se manter antes de sair do emprego? Essa é fácil. Basta verificar quando você gasta por mês para viver e então criar uma reserva financeira para se manter pelo menos por 12 meses.
  2. Quando você vai sair do emprego que odeia? Naturalmente temos a tendência de empurrar decisões assim com a barriga e nunca executar. Coloque uma data, especifique quando você vai pedir sua demissão.
  3. O que você vai fazer quando sair do emprego? Essa é a mais importante pergunta. Não adianta sair do emprego e não saber o que fazer ou como ganhar dinheiro, é preciso seguir as regras que contei acima e criar seu Plano B antes de sair do emprego atual.

PASSO 2 / GANHE DINHEIRO COM O PLANO B ANTES DE SAIR DO SEU EMPREGO

Isso é bem óbvio, não é?!?! Você não pode sair do seu emprego antes do seu projeto, do seu Plano B, te gerar dinheiro!!

Muitas pessoas já chegaram em mim falando que abandonaram o emprego somente porque elas tinham um perfil no Instagram bombando, uma página no Face com milhares de seguidores, um blog na internet ou até mesmo um canal no Youtube. Ok, perfeito! Agora serei bem direto:

Se o seu negócio digital (ou qualquer outra coisa que você queira criar como plano B) não gera dinheiro ELE NÃO É UM NEGÓCIO, é só um hobby!

Então, você tem que gerar dinheiro com seu plano B enquanto você ainda está no seu emprego. Somente quando você estiver gerando dinheiro com ele é que você poderá começar a pensar em sair do emprego que você não gosta.

Quando isso vai acontecer? Depende de muitos fatores, mas a resposta mais direta para essa pergunta é: quando você estiver faturando o equivalente ao seu salário no seu projeto Plano B, este pode ser o momento de pensar em pedir demissão.

PASSO 3 / PREPARE-SE: EM ALGUM MOMENTO VAI DAR MERDA

deu-merda-largar-o-emprego

Nenhum planejamento sobrevive ao campo de batalha. Isso quer dizer que mesmo que seu planejamento esteja lindo, bem ajustado e milimetricamente pensado, em algum momento vai dar merda e você precisa ter se preparado para isso.

Existem dois passos que eu sempre sigo quando penso que qualquer projeto pode dar merda:

  1. Saia amigavelmente do seu emprego atual: um dia você pode precisar voltar e deixar as portas abertas é, além de respeitoso, uma solução caso seu projeto de vida dê merda.
  2. Crie um caixa de sobrevivência: toda empresa bem estruturada começa suas atividades com um fluxo de caixa. Isso é uma reserva financeira para que a empresa possa se manter por alguns meses ou anos até que possa ter lucro.

Na vida precisamos fazer a mesma coisa, principalmente quando o que esta em jogo é as contas da sua casa e sua própria sobrevivência. Então, reduza seus custos mensais, economize, faça seu caixa reserva e calcule quando você precisa para viver, sem preocupações, pelo menos 12 meses até que seu novo projeto tenha lucro real.

O ideal é que você tenha uma reserva de pelo menos 6 meses a 1 ano do seu custo de vida mensal, ou seja, se seu custo de vida mensal é de R$ 2.000,00 você precisa ter guardado no mínimo entre R$ 12.000,00 e R$ 24.000,00.

E isso é pra quê? Para que no momento que der merda, se algum projeto seu der errado, algum produto não vender, você tem de onde tirar dinheiro para bancar aquele mês que foi ruim.

É bom ser otimista, mas otimismo demais é loucura.

PASSO 4 / ANDE COM PESSOAS FODAS

Guimarães Rosa não podia estar mais certo quando disse a frase: A gente fica bão, quando se junta com os mió.

O seu estilo de vida atual é, em grande parte, traçado pelos conhecimentos e amizades que você tem. Se você sempre tem problemas financeiros, repare em como alguns dos seus amigos também tem. Se você come muita besteira e não cuida do corpo e da saúde, repare como alguns dos seus amigos também são assim.

Se você quer empreender, ande com empreendedores, se você quer ter sucesso ande com pessoas que tenham sucesso, e se relacione com elas, acredite, isso não é difícil!

Você precisa ser autêntico e transparente com essas pessoas, você precisa mostrar que não está fazendo isso somente pelo dinheiro ou para consumir o que ela tem de bom, mas também porque é algo que você realmente ama.

Você pode seguir a Lei dos 33% que ensino neste vídeo no Youtube. Esse simples exercício vai te mostrar como está o seu grau de amizades e como se relacionar com pessoas fodas.

Se conecte com essas pessoas e aprenda com elas, evolua para que você consiga progredir com seu projeto cada vez mais.

PASSO 5 / OS PESSIMISTAS (HATERS) IRÃO APARECER

emicida-largar-o-emprego

Tem uma frase de um músico de São Paulo, o Emicida (esse carinha da foto), que diz o seguinte “Se você não quer ser criticado, não progrida!”

Então, se prepare mentalmente para ser criticado quando o progresso começar a acontecer na sua vida.

Eu lembro quando eu criei o meu primeiro blog, há 14 anos, era um blog de carros modificados. Esse site já dava dinheiro naquela época. Meus amigos adoravam meu site porque eles iam a eventos de carros comigo, iam a shows e participavam de projetos ligados ao tema do site.

Naquela época eu resolvi que iria registrar a patente daquele site, na época custava R$ 860,00, e muitos dos mesmos amigos que estavam indo a eventos e shows por causa do projeto zombaram da minha cara dizendo que era besteira investir em negócios e em blogs, isso não teria futuro.

Bom, eu estou aqui fazendo o que eu amo, empreendendo e mudando a vida de muita gente com a internet e muitas dessas pessoas estão nos empregos que elas odeiam (espero que elas leiam este artigo um dia).

Os pessimistas (os haters) irão aparecer e você precisa bloquear a sua mente tendo certeza de que isso que você está fazendo é bom pra você e segue a busca pela sua felicidade. Se em algum momento você estiver em dúvida é porque está sendo influenciado por essas pessoas ou não acredita no seu projeto.

Resumindo…

  1. Crie um planejamento para sair do emprego que você odeia
  2. Ganhe dinheiro com seu Plano B antes de sair do seu emprego atual
  3. Prepare-se: em algum momento vai dar merda
  4. Ande com pessoas fodas e que irão te ensinar algo novo
  5. Não dê atenção para os pessimistas, eles não vivem seu sonho.

Eu segui estes passos algumas vezes na vida e não me arrependo em nenhum momento de ter largado empregos ou até mesmo projetos que não estavam me satisfazendo. Use estes passos com moderação.

Agora se você curtiu estes passos, comente abaixo se pretende usar e como pretende sair do seu atual emprego e viver das suas paixões. Relaxa que seu chefe não lê este blog!

ANTES DE MUDAR SUA VIDA VOCÊ PRECISA MUDAR A SUA MENTE!

ANTES DE MUDAR SUA VIDA VOCÊ PRECISA MUDAR A SUA MENTE!

Neste ebook gratuito você vai encontrar as 5 principais atitudes para mudar sua mente, encontrar novas possibilidades na vida e viver suas paixões.

Essas são habilidades que praticadas transformam ser humanos comuns em pessoas extraordinárias. Viva todo seu potencial, faça o download de graça!

SIM! QUERO BAIXAR DE GRAÇA