viver-fazendo-o-que-ama-habitos

Os 15 hábitos produtivos de quem vive fazendo o que ama

Quem está em busca de Encontrar a Sua Arte e realmente viver do ama tenta isso de diversas formas, através de técnicas, conceitos pré-moldados e gurus do conhecimento que surgem a todo momento. Mas a maioria das pessoas esquece de algo clássico para viver uma vida feliz e de sucesso: hábitos!

Há alguns anos atrás um cara bem foda no que fez e que teve como mentor nada mais, nada menos que Platão, disse o seguinte:

“Nós somos o que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um ato, mas um hábito.”


Eu adoro citar Aristóteles, porque dá pra notar que ele sabia das coisas e essa frase é tão atual quanto tentar descobrir seu propósito na vida. 
Mas quando falamos em viver fazendo o que ama é bem comum surgirem três questões que batem forte na cabeça das pessoas:

  1. Eu não sei o que eu gosto de fazer, não tenho ideia do que sou apaixonado
  2. E seu falhar fazendo o que amo fazer?
  3. Acho que preciso de muito dinheiro para começar a viver do amo

Bom, a terceira questão que envolve dinheiro eu respondi em um artigo onde mostro a Planilha do Número Mágico. Já as outras duas questões, vamos trabalhar neste artigo, combinado?

Na verdade existem 35 razões mais ditas por quem continua trabalhando no que não gosta, com chefes e colegas que não gosta e em cargos que não gosta. Eu citei apenas três das 35 que são mais relatadas em emails que recebemos todos os dias.

E acredite, as três questões que citei são mais comuns do que você pensa. Elas são sempre as desculpas mais comuns. Mas calma, se você pensa que não sabe o que realmente ama fazer, tem medo de falhar, de não saber de quanto dinheiro precisa para começar a viver das suas paixões, eu preciso te dizer algo: todos nós temos essas dúvidas. Mas é o que fazemos com elas que conta.

E nestas dúvidas tem gente que faz de tudo para se livrar do trabalho que odeia, até largar o emprego e se aventurar em algo, seja empreendendo, seja mudando de carreira.

Primeiro conselho deste artigo: abandonar o seu trabalho antes de tomar alguns passos simples para descobrir sua arte, encontrar suas habilidades e paixões e garantir seu sucesso é loucura.

Pense comigo: por que deixar um trabalho ou um negócio que paga suas contas, que banca suas despesas para se aventurar em algo se você ainda não sabe no que realmente é bom ou o que ama fazer?

Então o melhor caminho a seguir é simplesmente:

  1. Descobrir sua arte, suas habilidades e paixões
  2. Mudar sua mentalidade focando no que vai dar certo e não no que vai dar errado
  3. Criar novos hábitos para iniciar sua mudança de vida imediatamente

Nos últimos 4 anos eu fiquei obcecado pela ideia de entender os ingredientes necessários para viver uma vida feliz. Estudei diversos conceitos, aprendi com mentores, instrutores e especialistas em diversas áreas do autoconhecimento.

Compreendi algo muito interessante, que uso e que quero compartilhar com você neste artigo: quem vive fazendo o que ama e tem sucesso com isso, criou disciplina e hábitos produtivos para conquistar a vida que sonhava ter.

Anotei diversos hábitos, mais de 35 para falar a verdade e, entre estes hábitos poderosos, destaquei 15 neste artigo que irão fazer a diferença na sua vida como fizeram e fazem na minha. Depois de ler, selecione dois ou três dos hábitos abaixo e comece a praticar todos os dias. Sinta como sua vida começará a mudar constantemente.

Vamos lá…

Os 15 HÁBITOS E PERCEPÇÕES TOPS DE QUEM VIVE O QUE AMA

predisposicao-ao-desconhecido

1. Predisposição ao desconhecido:  pessoas que vivem do amam, que descobriram sua arte, estão sempre em buscas de novas experiências. Elas sempre conhecem novas pessoas, desenvolvem novos trabalhos, leem novos livros, assistem documentários que não assistiriam normalmente e praticam atividades fora do comum. Isso traz novas experiências e novas conexões neurais. Sem aprender, sem experimentar, sem provar e sem testar o novo nós nunca chegaremos a lugar nenhum. A ideia aqui é viver fora da zona de conforto, literalmente olhar fora da caixa.

2. Nunca se compare com os outros: todos nós devemos ter medidas de sucesso e ter mentores, pessoas para modelar, é muito importante para o crescimento pessoal. Porém, pessoas que vivem fazendo o que amam não tem tempo para se comparar com os outros. Existe apenas uma comparação, e é você com você mesmo. Ser melhor hoje do que era antes é o que te tornará uma pessoa feliz.

3. Fortaleça seus pontos fortes: este é um hábito muito presente em todas as pessoas de sucesso que conheci, elas sabem quais são seus pontos fortes e buscam sempre aprimorá-los. Não é atoa que Steve Jobs disse que você precisa trabalhar no que é bom e delegar o resto das funções. Você precisa estudar seus pontos fortes e também descobrir seus pontos fracos, isso lhe dará vantagens para trabalhar com o que ama de verdade.

4. Conheça suas limitações: fortalecer suas habilidades é um hábitos perfeito para seu crescimento, mas você precisa conhecer as suas limitações para fazer isso. Todas as pessoas que conheci e que, de alguma forma, tem sucesso em suas áreas de atuação, sabem quais são suas limitações e muitas delas estão tentando superar cada limitação.

5. Pratique a liberdade sempre: a liberdade não vem da conquista de muito dinheiro ou de viver fazendo o que você quer o tempo todo. Ela vem com a sua consciência, quando você percebe que não precisa mais pedir permissão, que pode fazer o que quer fazer, tudo fica mais claro e mais simples.

6. Saiba que não dá para controlar tudo: um dos hábitos e costumes de quem vive fazendo o que ama ou de quem tem a consciência de como encontrar sua arte é que essas pessoas também sabem que não podem controlar tudo, mas escolhem como reagir ao que acontece. Por exemplo, se você é demitido do emprego que tem hoje, o grande segredo neste hábito é olhar para o problema pensando em quais oportunidades podem surgir dele.

7. Comece pequeno: quase nada na vida é exponencial, ou seja, cresce rapidamente da noite para o dia. Pessoas que encontraram sua arte sabem disso e por este mesmo motivo dão valor ao começo pequeno, gostam de ideia de dedicar 5 minutos do dia para algo novo e fazem isso de forma consistente.

8. Goste da rotina: essa palavra, “rotina”, parece algo ruim. Mas a consistência é o que traz o progresso. Pessoas que vivem da sua arte, que usam suas habilidades e paixões, gostam de rotinas e de rituais. Mas elas aprenderam a criar rituais ligados diretamente ao que amam fazer. Um exemplo são os rituais matinais para gerar produtividade durante o dia, aprendi isso há alguns anos e não abro mão do meu momento pela manhã para me dedicar a leitura, um bom café, meditação e ajustes das tarefas diárias e mais importantes.

9. Defina o que é essencial um dia antes: essa prática é uma das que eu mais adoro e pratico. Saber exatamente quais são suas tarefas mais importantes do dia seguinte te faz dormir com vontade de acordar no outro dia bem mais cedo para começar a trabalhar naquelas tarefas. Definir essas tarefas essenciais do dia seguinte é um hábito comum em quem tem sucesso e quem vive do que ama fazer.

10. Aprenda com quem te rodeia: cada interação, cada pessoa nova, cada palavra ouvida ou lida é uma oportunidade para aprender algo novo. Quando você percebe que ser mais interessado é melhor do que tentar ser interessante, fica muito mais fácil aprender e evoluir, fica muito mais fácil utilizar suas habilidades e paixões para criar a vida que você quer.

11. Comece algo todos os dias, mas sempre termine: eu chamo essas pessoas de “terminativas”. Eu sei que essa palavra não existe, mas acredito tanto que o mundo está cheio de pessoas de iniciativas, que no final das contas o que falta são pessoas que terminam o que começam. Este foi um hábito bastante comum em todos os mentores que tive, eles sempre começam algo sabendo que irão terminar, mesmo que não tenham o resultado que estão procurando.

12. Saiba que não existe algo ideal: toda vez que eu começava algum projeto (hoje em dia ainda é assim), me lembro que sempre tinha alguém que me dizia que aquele projeto não daria certo porque não era ideal para tal público ou mercado. Sempre me perguntei o que é ideal e pra quem aquilo seria ideal. Pessoas que vivem do que amam fazem essas perguntas, elas entendem que seguir os padrões não é algo muito interessante para quem busca o sucesso e assim sabem que o ideal não existe.

13. Seja sempre um aprendiz: uma vez um amigo me disse que havia terminado os estudos e naquele dia eu pensei “Como assim, ele não vai aprender mais nada?”. Esse é um hábito que todas as pessoas de sucesso que eu conheci até hoje tem: elas nunca param de aprender, estão sempre buscando novas informações, lendo livros, indo a congressos, eventos e cursos. Tornam-se obcecadas pela aprendizagem e pela oportunidade de criarem novas habilidades, abordagens, idéias e conceitos. Mesmo que você não goste muito de estudar (e eu também já fui assim), force. Tente mais um pouco até transformar o estudo e a aprendizagem em um hábito comum em sua vida. No futuro você vai me agradecer por este conselho.

14. Concentre-se no processo, nunca no resultado: todos nós queremos ter resultados, seja em vendas, financeiro, nos nossos negócios ou no emprego que temos, é o que buscamos todos os dias. Mas pare de se preocupar sobre como você vai chegar lá, de qualquer maneira nós nunca chegamos, sempre estamos querendo mais. Então, aproveite a diversão da conquista e aprecie o processo, as tarefas diárias e abrace a ideia das mini vitórias diárias. Lembre-se que uma grande conquista é a união de pequenas conquistas.

15. Cerque-se de pessoas apaixonadas: esse hábito é o mais foda de todas. A maioria das pessoas não acreditam que você pode fazer o trabalho que você ama, porque eles estão constantemente em torno de pessoas que odeiam seus empregos e não sabem o que gostam de fazer. É isso que precisa mudar imediatamente em sua vida. Aqueles que o rodeiam estão diretamente ligados ao seu sucesso, a sua coragem e suas crenças do que é possível (ou não). Se você quer se levantar, suas amizades são importantes para isso.

Se você quer ficar estagnado na vida, suas amizades também podem te ajudar com isso. Mas por favor, escolha a primeira opção e cerque-se de pessoas apaixonadas pela vida, por suas profissões e pelo que fazem para o mundo.  A paixão é contagiosa. Se você quer criar uma empresa que vai mudar o mundo, os seus parceiros, seus fornecedores e sua equipe precisa ter paixão pelo que faz, não só eles vão te dar idéias, mas eles irão apoiar suas ideias e sua visão de atuar com o que você ama. A maneira mais rápida de fazer as coisas que você acha que são impossíveis é cercando-se de pessoas que acreditam que é possível.

No próximo dia 29 de Março vou reunir centenas de pessoas que estão buscando encontrar suas habilidades, descobrir suas paixões e fazer o que amam. Farei um Treinamento Gratuito e Online onde você vai aprender exatamente:

  • Quais são suas habilidades e paixões
  • Quais motivos realmente movem sua vida
  • Quais são suas prioridades reais
  • Quais são suas metas e objetivos mais fortes
  • Onde e como ativar sua energia para ter dias incríveis
  • Como criar hábitos que te levem a fazer o que você ama
  • Encontrar mentores para cada momento da vida
  • Viver em alta performance
  • E muito, muito mais…

Para cada fase da sua jornada criamos ferramentas, estratégias e usamos conhecimentos de grandes mestres da história que irão encurtar o tempo do seu sucesso. Mas eu acredito que a ferramenta mais importante no começo da sua jornada seja Encontrar as Suas Habilidades e Paixões, saber realmente Qual a Sua Arte!

Acredito fortemente que o nosso Programa de 21 Dias para Descobrir Suas Habilidades e Paixões seja perfeito para o começo da sua jornada. Conheça nossa programa de 21 dias em: encontresuaarte.com.br

Neste artigo eu te mostrei os 15 hábitos que mais se destacaram em especialistas, escritores e mentores que, durante os últimos 8 anos dos meus estudos e práticas sobre autoconhecimento, eu aprendi. Estes 15 hábitos são:

  • Predisposição ao desconhecido
  • Nunca se compare com os outros
  • Fortaleça seus pontos fortes
  • Conheça suas limitações
  • Pratique a liberdade sempre
  • Saiba que não dá para controlar tudo
  • Comece pequeno
  • Goste da rotina
  • Defina o que é essencial um dia antes
  • Aprenda com quem que te rodeia
  • Comece algo todos os dias, mas sempre termine
  • Sabia que não existe algo ideal
  • Seja sempre um aprendiz
  • Concentre-se no processo, nunca no resultado
  • Cerque-se de pessoas apaixonadas

Uma dica para finalizar: escolha pelo menos de 2 a 3 hábitos que mencionei neste artigo e comece a praticar todos os dias. Isso fará uma diferença enorme na sua vida. Então, me diga nos comentários abaixo quais hábitos você pretende começar a praticar já esta semana?